Um problema comum nos dias de hoje

Primeiramente, como eu ja disse em outros posts mais antigos, o que defini um bromidrótico, é a sua microbiota residente axilar! MAAAASSS EXISTEM FATORES QUE PODEM DESENCADEAR A BROMIDROSE (nem todo mundo anda fedendo o tempo todo! No entannto, “de vez em quando” fede, ou seja, tem  uma microbiota residente axilar favorável.)

Um desses agentes desencadeadores da bromidrose, é o estresse crônico, concebido pela vida modera, principalmente em cidades grandes, trabalhos super estressantes e quando você lida com pessoas diferentes a todo momento sob pressão, vida acadêmica, uma faculdade/universidade, onde você fica compelido a ter resultados constantemente, enfim.

Essas são situações de 98% das pessoas que vieram até mim relatar bromidrose (mesmo após a cirurgia correta,  que não tem nome, ou é chamada de cirurgia de bomidrose, ou o nome que o cirurgião plástico quiser.

Aqui lhes apresento um vídeo do André Zuccaro, que entende bastante da parte neuroendócrina do nosso corpo e fala sobre um problema muito comum hoje em dia, que é a Fadiga Adrenal ou Desregulação do Eixo HPA e que desencadeia/piora a bromidrose, visto suas causas e se você tiver uma microbiota residente favorável.

 

 

Vou deixar claro uma coisa que muita gene tem dúvida: A CIRURGIA DE REMOÇÃO DE GLÂNDULAS NÃO ACABA COM O ODOR! MAS DIMINUI MUITO E EM CERTOS CASOS É  MUIIITO IMPORTANTE! INDEPENDENTE DO CIRURGIÃO, mas você pode melhorar mais ainda fazendo algumas coisas.

 

O PORTUGUÊS NÃO ESTÁ BOM, PQ É UMA CONVERSA DE WHATSAPP

Bem. Eu vou citar os fatores mais importantes que afetam diretamente na bromidrose, pois como eu disse, tudo parte de vc ter ou não bactérias específicas em sua microbiota residente (explicação que não vem ao caso). Até pq ninguém anda fedendo forte o tempo todo tem pessoas que não fedem de jeito nenhum, alguns asiáticos tem até uma questão genética, mas tb não vem ao caso.

1º) Questão psicológica/estresse, ansiedade, medo e picos de adrenalina:

Esse é o único meio pelo qual as glândulas sudoríparas apócrinas ficam ativas (as écrinas tb ficam mais ativas nesse momento devido à aceleração do metabolismo, o que pode gerar suor excessivo e suor apócrino ao mesmo tempo e levar a pessoas a acreditar que o suor excessivo gera odor).
Pois bem, a vida moderna é uma desgraça! a não ser que vc seja bilionário e viva de investimentos, não saia muito na rua e não se estresse muito ou que vc viva na roça isolado de tudo.
Sabe quando vc tá num lugar fechado e uma pessoa funga ou fala “calor”, bem nesse momento vc já começa a ficar ansiosa e com medo e pensa em todo momento na bromidrose, às vezes até antes de sair de casa! e isso já ativa as apócrinas, ou seja, a quase todo momento pra quem não vive isolado do mundo!
Tente evitar situações que geram picos de adrenalina e NÃO LIGUE PRA AS REAÇÕES, porque vai piorar por conta do que eu já disse e muitas das vezes também vc não tem nada e pensa que tem.

Se vc passa por situações constrangedoras constantemente, então um abraço! Isso piora e muito a bromidrose, vc começa a pensar nisso a todo momento e até em casa, começa a ficar paranoico com isso e vai chegar ao ponto de sair fedendo do banho, MAS NÃO IRÁ SENTIR O CHEIRO!
Vc desenvolverá um transtorno psicológico chamado: estresse pós traumático, começará a evitar lugares e situações, pessoas, etc. e federá direto por conta do fator citado acima.

2º) Deficiência de ZINCO
O zinco é um mineral muito importante e como quase todo micronutriente, é escasso na nossa dieta de merda moderna. O zinco está relacionado diretamente ao odor! Níveis baixos de zinco estão relacionados ao aparecimento de odor muito forte (halitose, chulé, odor axilar e até odor provindo das glândulas sudoríparas écrinas).
É de suma importância suplementar o zinco na forma QUELATA/QUELADA, GLUCONATO, CITRATO na dose de 30-50mg POR DIA, tomados de estômago vazio antes de dormir.
Outra coisa: vc vai usar um talco pra pés na axila, pq contém óxido de zinco tb, mas isso eu explico depois.

3º) Questão de realmente limpar e neutralizar odores:
Vc já deve ter percebido que sabonetes não neutralizam odor quando vc lava a axila, o cheiro sempre está lá, mas FRACO! E VC NÃO CONSEGUE PERCEBER!
Sabonetes vem sofrendo mudanças nas suas formulações há tempos. Hoje em dia os sabonetes prometem limpar a pele, mas mantê-la hidratada, o que é meio incoerente, mesmo contendo o lauriéter sulfato de sódio ou detergente.
Pois bem, esses sabonetes atuais contém muitos ÓLEOS HIDRATANTES E ÓLEOS ESSENCIAIS AROMÁTICOS, que garantem toques especiais à fragrância. O problema é que tudo que for óleo, vc deverá evitar na axila/virilha a qualquer custo!
Jamais use sabonetes antibacterianos também, porque pioram o odor, e geram resistência bacteriana e mesmoq ue o ESPECTRO DE AÇÃO do triclosan e o triclocarban “cobrisse” os gêneros e espécies de bactérias da microbiota residente axilar, esqueça isso e tudo que for antibiótico!
Acho que vc já deve ter tido a sensação de lavar a axila e sair com um cheiro forte de sabão ou um cheiro ESTRANHO NÉ e que lavar toda hora não resolve nada e pode PIORAR, né!?
Então é importante usar um sabonete como eram antigamente ou ago aprimorado na questão limpeza, NÃO DEIXAR RESÍDUOS (alcalinidade demais na axila gera um odor estranho, pq bactérias do gênero COrynebacterium se proliferam em pH mais alcalino) e que neutralize odores ácidos, mas sem deixar resíduos.

Agora vou te falar o que eu uso sempre e usava antes da cirurgia (menos a mistrura do sabonete, queria muito ter testado antes da cirurgia, porque isso é sem palavras).

Primeiro, jamais tome banho quente! (Mas nunca entre rápido na água frio pq gera respostas da adrenalina) Pois dilata os poros das g. sudoríparas écrinas e te faz suar à toa mesmo sentindo frio kkk. Tente tomar frio, mas se morar em um lugar quente, tome gelado e dê um jeito de fazê-lo, como por exemplo, usando água da geladeira ( mas se tiver MUITO QUENTE, pq a água já desce da caixa dágua QUENTE). Eu sempre tomo GELADO!

**Use um roll on sem perfume sempre (PERFUME=ÓLEOS ESSENCIAIS AROMÁTICOS), evite todo tipo de óleo na axila!, de preferência da nívea e nunca use rexona. Nívea é menos concentrado de cloridrato de alumínio (que é uma faca de 2 gumes se usado em excesso, faz feder queimado). O rexona é o mais concentrado de alumínio; Dove contém muito hidratante e é UM PERIGO! Evite desodorantes que, mesmo sem perfume cheiram estranho, procure um sem perfume e om cheiro dos componentes mais suave!
Leia o rótulo e se encontrar nomes como: ethyl,methyl,butyl PARABEN, evite a qualquer custo! Parabenos são conservantes, mas o problema é que FEDE PRA CARAMBA!
Evite triclosan e triclocarban também.

4º) PROCEDIMENTO DIÁRIO:

À noite antes de dormir, tome banho frio/gelado ( MAS NUNCA ENTRE RÁPIDO NA ÁGUA FRIA, PQ GERA RESPOSTA DA ADRENALINA, entre no morno e depois, frio), E USE O ROLL ON SEM PERFUME DA NIVEA ou outro** (ver o supracitado), SEMPRE ESPERE SECAR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Senão secar rápido ( SE TOMAR BANHO MORNO ELE NUNCA SECARÁ!) USE UM VENTILADOR, daí vc fará o seguinte: Antes de dormir, com a camada de desodorante seca, POLVILHE O TALCO DE PÉS BARlA (amarelo da leite de rosas, NÃO USE O TENNYS PÉ, CONTÉM TRICLOSAN E CÂNFORA QUE FEDE!) E VÁ DORMIR!
O TALCO SÓ SE USA ANTES DE DOMIR!

De manhã tome banho e NÃO USE O TALCO, APENAS O ROLL ON e espere secar.

JAMAIS se depile ANTES DE SAIR DE CASA. Sempre se depile à noite, antes de dormir.

Quem tem uma vida sexual ativa  (só pra quem é premiado com as bactérias que causam odor),  É UMA DAS PIORES SITUAÇÕES PRA QUEM TEM BROMIDROSE, pq vc irá liberar altíssimas quantidade de adrenalina e depois do ato, vc ira PERDER MUITO ZINCO! É uma situação game over!

 

CONTROLE SEU CORTISOL E REGULE SUAS GLÂNDULAS ADRENAIS! Assim vc irá ficar mais CALMO e recuperar sua auto confiança (se vc não feder mais). Pra isso: tomer 1-5g de vitamina C grau USP ou PA, Ashwagandha, Zinco(quelato citrato, gluconato, picolinato) tb, magnésio (citrato, quelato, dimalato), Ginkgo Biloba, etc.

Comunicado aos leitores

Quero dizer primeiramente a quem está lendo este blog que NÃO SOU: MÉDICO, Farmacêutico ou qualquer especialista da área de saúde. As informações contidas neste blog são: ESTUDOS CIENTÍFICOS, TRABALHOS, TRECHOS DE LIVROS etc. e alguma opinião minha. Creio que NÃO SEJA PROIBIDO REPRODUZIR UM CONHECIMENTO, JÁ QUE SEMPRE COLOCO AS REFERÊNCIAS! E que também não seja proibido aprender e divulgar isso a todos.

” Se o conhecimento traz problemas, não é a ignorância que os resolve” (Isaac Asimov).

Relato: Fiz a cirurgia

Olá pessoal, procurarei ser breve. Eu fiz a cirurgia de bromidrose com o cirurgião Aristóteles Scpioni já faz uns 2 meses.

Por incrível que pareça, ainda tenho odor, mas muito menos do que antes, acho que tive uma melhor de uns 70%, mais ou menos.

Acredito que no meu caso não tive melhor a de 100% da bromidrose porque eu já tinha feito a lipoaspiração e na região criou uma camada de tecido conjuntivo que aderiu à pele. Normalmente a cirurgia leva cerca de 60 min. no meu caso demorou 2h, devido ao fato do tecido conjuntivo que estava aderido à pele, o que dificultou a retirada das glândulas, então acho que não foi tudo removido.

Quanto ao excesso de suor: bem, com a lipo. já tinha diminuído bastante e agora praticamente zerou, mas o odor ainda é produzido.

***Eu não uso antitranspirantes mais! Eu tentei fazer uso de antitranspirantes e por INCRÍVEL QUE PAREÇA, ELES CAUSARAM UM ODOR ESTRANHO! Sim, exatamente isso: quando comecei a usar um roll on sem perfume que eu sempre usava antes, este me deu um odor de queimado com aedo bem forte mesmo ! Então eu parei e adivinhem o que houve: o odor estranho sumiu! Então tirem suas conclusões./

Vou colocar algumas fotos:

Essas primeiras são atuais

Menu de links do Blog

Olá, abaixo são os links organizados dos posts, basta clicar nos nomes em azul. Para a melhor compreensão do problema, sugiro que tentem ler com atenção os posts na ordem e com atenção:

*NÃO FAÇAM a lipoaspiração (grau de sucesso apro. : 20%) <-clique, simpatectomia ( não serve pra odor, só hiper.) , como sempre venho repetindo. NUNCA tentem isso aqui, eu e mais 5  pessoas que conheço fizeram e não resolveu, piorou a Simpatectomia:Programa Bem Estar falando da lipo ( NÃO FAÇAM ISSO!!!)  NÃO FAÇAM A LIPO piorou a SIMPATECTOMIA!

O método CIRÚRGICO mais eficaz é a ADENECTOMIA/EXERESE/RESSEÇÃO/HIDROSADENITE <- clique p/ ver.

  E-MAIL:  markus.ruhl@yahoo.com.br

  1. DOAÇÕES;
  2. INTRODUÇÃO/APRESENTAÇÃO ;
  3. Introdução 2 ;
  4. Um pouco sobre meu problema;
  5. MICROBIOTA AXILAR ;
  6. SUOR APÓCRINO E SUOR ÉCRINO / OSMIDROSE ;
  7.  AS 2 CLASSES DE ODORES IDENTIFICADOS ;
  8. Corynebactérias, odor ferormonal e possível amenizador p/ essa classe de odor;
  9. INEFICÁCIA DO TRICLOSAN=IRGASAN e do TRICLOCARBAN ( SABONETES PROTEX E LIFEBOSTA!);
  10. VÍDEO DA CIRURGIA (retirei do youtube de clínicas do Japão);
  11. EFICÁCIA de alguns métodos para o controle do Mal odor ( A lipo possui quase 50%  de insatisfação) TRADUZAM POR FAVOR!
  12. ALGUMAS PERGUNTAS E RESPOSTAS;
  13. Método cirúrgicio shaving com tesoura cirúrgica 
  14. UM FATOR IMPORTANTE NA BROMIDROSE APÓCRINA*; 
  15. Suor Amarelado, Vermelho ou Escuro pode ser TRICOMICOSE AXILAR;

Perguntas e Respostas rápidas:

Selecionei algumas perguntas que todo mundo faz e tem dúvida, para quem não gosta de ler muito. Eu também vou deixar como link ( em azul), os posts relacionados para vocês clicarem e se informarem melhor.

1º) Por que eu tenho bromidrose nas axilas? Eu não sei diante de tudo que li, PORÉM ter um pouco de odor axilar, parece ser normal para quase todas as pessoas, menos para um grupo de pessoas como: coreanos, japoneses, chineses( ALGUNS, NÃO TODOS ESTES), os quais não apresentam o gene ABCC11 dominante clique aqui p/ ver o estudo. Já existem pessoas que possuem a BROMIDROSE axilar ou ano-genital apócrina, que é a produção excessiva de odor.

Além disso, NEM TODAS AS PESSOAS, POSSUEM AS BACTÉRIAS QUE geram odor, clique aqui;

o fator principal, já que  praticamente todos nós possuímos o gene ABCC11 dominante, é a microbiota residente, com prevalência das bactérias que causam odor, já que vc deve ter escutado: “todo mundo tem isso, não é uma doença”.

As causas podem ser diversas, e cada uma se ramifica em mais algumas, que são dependentes de outras, enfim, é algo muito complexo. Pode-se citar:

  • fator genético do gene ABCC11;
  • produção excessiva de suor apócrino (clique para  ver aqui situações que ativam essas glân. que não é o calor! ok!;
  • microbiota axilar residente favorável, com maior presença de Staphylococcus coagulase negativos e Corynebacterium spp; clique aqui;
  • possivelmente, maior densidade de glândulas apócrinas ( elas se localizam na região da derme e ficam ligadas ao folículo do pelo), ou seja, onde tem pelo, tem elas e as sebáceas, que não são sudoríparas.

2º) Excesso de suor pode causar a bromidrose nas axilas? Não, visto que  que causa a bromidrose axilar apócrina, é causada pelas glândulas sudoríparas apócrinas, as quais NÃO PRODUZEM SUOR EXCESSIVO, apenas micro-gotículas de suor clique aqui, o que pode acontecer, é: você tem osmidrose, hiperidrose, que é a superatividade das glândulas sudoríparas écrinas, as quais liberam o suor aquoso em resposta ao calor e a bromidrose, que é o odor excessivo, ou seja: osmidrose.

Suando muito, os poros do pelo se dilatam, o que pode piorar o odor, visto que o suor apócrino sai pelo ducto do pelo. Então o odor vem com o sem suor, talvez aumente de intensidade com o suor.

Suor em resposta ao calor= g. sudorípara écrina= suor aquoso inodoro

Suor em resposta a estímulos adrenérgicos= g.sudorípara apócrina= suor oleoso com leve odor que piora com ação bac.

*2.1) Por que temos glândulas sudoríparas apócrinas? Segundo Spearman, Richard, JStrauss, Kligman, J labows and McGinley, as glândulas sudoríparas apócrinas apenas possuem função FERORMONAL ( que com passar dos anos, é um algo sem utilidade na vida moderna), já que esse odor característico( mesmo sem a ação da microbiota que degrada o suor), alertaria outros da mesma espécie sobre condições de : medo, estresse, chegada da puberdade, etc.

Em vacas, e cavalos, estas mesmas glândulas possuem caráter TERMORREGULADOR, e cobrem todo o pelo, o que em nós é feito pelas g. SUDORÍPARAS ÉCRINAS ( termorreguladoras em alguns primatas).

  • J.S. Strauss and A.M. Kligman, The bacteria responsable for axillary odor I. J. Invest. Dermato. , 27, 61-71 (1956);
  • Spearman, Richard Ian Campbell (1973). O Integument: Um Manual para a biologia da pele .Estrutura e função biológica Books 3 . Arquivo CUP. p. 137. ISBN 9780521200486 .

2.2) * Por que NÃO CONSEGUIMOS SENTIR NOSSO CHEIRO (na maioria das vezes)? essas g. sudoríparas apócrinas, estão distribuídas em grande parte nas axilas e região genital, porém podem ser encontradas em pequenas partes nas: auréolas dos mamilos; região perianal; canal auditivo (modificadas por processo evolutivo); pálpebras e ASAS DA NARINA; sim, nessa última região, também possuímos as glândulas sudoríapas apócrinas. Ao receber estímulos adrenérgicos, estas glândulas liberam o suor apócrino ( lipídios+proteínas+ ferormônios, adrostenóis e androstenonas), em regiões onde elas exitem. Com o passar do tempo, o corpo acostuma-se a sentir o “cheiro do seu corpo” (no início sentirá dor de cabeça kkk), se for desde pequeno já cresce aprendendo kkk.

3º)Como é o processo de formação de odor axilar, ano-genital? essas 2 regiões, possuem as glândulas s. apócrinas, por isso ter odor lá também é normal*. A grosso modo, é o seguinte:

Estímulos(medo,estresse,excitação sexual, ou tudo que dê picos de ADRENALINA)-> mensagem para as apócrinas liberarem o suor gorduroso, por meio de nervos de nervos adrenérgicos(lembre-se disso)-> liberação do sor apócrino no ducto do pelo, e este vem à superfície com: o crescimento do pelo+ excreção do sebo da g. sebácea -> assimilação por bactérias da microbiota residente axilar, que são responsáveis pelo odor= produção de ácido graxos voláteis odoríferos;

4º) Por que sinto minha axila grudenta, e às vezes nem estou muito suado? eu, por exemplo, sinto isso direto, porque não tenho hiperidrose. O suor apócrino é composto de: lipídios+ 10% aproximadamente de proteína+ esteroides ferormonais ver aqui, é o mesmo post anterior. Por sair pelo ducto do pelo, ao contrário da glândula sudorípara écrina, talvez não seja controlável.

5º)Por que o antitranspirante/antiperspirante(a mesma coisa) não bloqueia o suor emocional? 1ª coisa, o DAP antiperspiante contém triclosan e antitranspirante e antiperspirante são a mesma coisa;

Conforme mencionado, o suor apócrino sai pelo ducto do pelo, enquanto o écrino sai diretamente na superfície da pele, conforme o livro “Deodorants and Antiperspirants”. E tamém tem a questão: crescimento de micrômetros do pelo a cada dia, com a expulsão do sebo pela sebácea no mesmo ducto pilo-sebáceo. Isso faz com que o cloridrato de alumínio, qu às vezes nem bloqueia esse ducto, seja lançado à superfície da pele em pouco tempo. clique aqui, tem uma ilustração da pele .

*Detalhe, dependendo do grau do odor, o irgasan/triclosan pode ar certo e dai, o porquê de antperspirante ser diferente do antitranspirante, porém o nome remete à mesma coisa.

6º)Fórmulas de cloreto de alumínio com Triclosan/Irgasan, conforme sempre me passam vai me ajudar? O rexona antitbacteriano possui triclosan*. Dependendo do grau do odor PODE ajudar, não resolver! Em casos de BROMIDROSE AXILAR CLÁSSICA, nunca! aliás pode até piorar, clique aqui, já que o mesmo é um bacteriostático fraco, em concentações de 1% ou > pode ser bactericida, porém o ESPECTRO DE AÇÃO DELE NÃO FUNCIONA para as bactérias que causam odor, conforme supracitado, além do mais essas, ficam situadas DENTRO DO FOLÍCULO pilo sebáceo, então a eficacia seria reduzida, se desse certo né.

7º) Fórmulas caseiras ajudam? Não! e podem ser perigosas, se der certo, você não tem bromidrose ou é uma pessoas normal* conforme a 1ª resposta dada .

8º) Meu bebê fede a suor / CC, é normal isso?  Em um período de cinco meses de idade feto humano, glândulas apócrinas estão distribuídos por todo o corpo; depois de algumas semanas, eles existem em áreas restritas única, [1], incluindo as axilas e genitália externa.[2].

    1. Kurosumi, Shibasaki & Ito 1984, p. 255.
    2. ^ Ir até:a b c d e f Edgar Folk Jr, G .; Semken Jr, A. (01 de setembro de 1991). “A evolução das glândulas sudoríparas”. International Journal of Biometeorologia 35 (3): 181. doi:10,1007 / BF01049065. ISSN 0020-7128. Retirado 18 de de Dezembro de 2012. 

9º) O fator psicológico influencia? é evidente que SIM, visto que as g. sudoríparas apócrinas são ativadas por meio de estímulos adrenérgicos, como: medo, fobias, estresse, etc.

É importante fazer um tratamento psicológico/psiquiátrico DEPOIS( QUE FIQUE BEM CLARO), que você resolver o problema da bromidrose.

9º) Quais são os tratamentos disponíveis? (tirando algumas que se dizem curadas por algo, ou espontaneamente, que segundo especialistas, não existe). Depende primacialmente do grau do odor. Tem pessoas que usam irgasan e se dão bem, outras fazem de tudo e nada resolve ( bromidrose axilar clássica), nesse último caso, somente a cirurgia resolverá . Infelizmente existem poucos médicos que realmente entendem do assunto, procurem pesquisar muito sobre isso. A remoção total da região onde ficam as glândulas é a cirurgia mais indicada: ressecção ou exerese; a lipo aspiração, foi a que eu fiz e não recomendo! Tem alguns vídeos em posts mais antigos do meu blog que eu achei de uma clínica no Japão.

10º)pH Alcalino demais gera odor, CUIDADO COM O BICARBONATO DE SÓDIO! Aqui mostra apenas que pH mais elevado PODE gerar odor: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11428948  por EXPERIÊNCIA própria, também constatei isso.

Recentemente li uma tese de mestrado ( a qual já mencionei em algum lugar do blog), que pHs mais alcalinos AJUDAM NA PROLIFERAÇÃO DE BACTÉRIAS DO GÊNERO Corynebacterium e é o que realmente acontece.

Por vezes tentei usar o bicarbonato de sódio e até o carbonato de sódio, que é usado para fazer detergentes e sabão e tem pH de 13 e o negócio PIROU E MUITO o odor!

Antes de fazer a cirurgia, eu usava um talco pra pés, que continha ácido bórico e óxido de zinco, não me livrou do odor, mas me ajudou, então fui buscar explicações CIENTÍFICAS DO PORQUÊ QUE ISSO ACONTECIA.